terça-feira, 15 de abril de 2014

Trilha Livre





Alma intensa plena de liberdade
Inútil tentar prende-la com regras e convenções
Conceitos pré estabelecidos ou velhos dogmas ditados 
Ela de essência livre como é 
Sempre dará um jeito de driblar os estorvos da imposição
E achar uma saída nesse labirinto 
De ilusões, crenças tao mutáveis, passíveis de evolução Expansão
Proporcionando aprendizado, desbravando consciências
Transcendendo limites de senso comum 
Ironizando com classe a rigidez e a dureza
Sempre empenhadas em estagnar o processo de movimento
Da tão temida mudança
 Que vem desafiando a coragem
 Faz uma bagunça danada
  Mexe remexe
Até as entranhas
Do que aparente e comodamente 
Está no lugar arrumadinho parado definitivo
E tudo é movimento ...
Transtorno de lucidez ... Reação de vida ...
Voltar a ser ...
 Início ... Essência ... Principio ...
 Origem ... Comeco ... Recomeço ...
Fecha um ciclo abre-se outro 
Novo ciclo ... Novo amanhecer ...
Nova bagagem ... Novo caminho ...
Nem Sempre o caminho aceitável e aplaudido da massa 
Multidão
Quem sabe o caminho incompreendido 
E até vezes solitário
Mas repleto em plenitude 
Inteiro ... 
Lindo e florido
 Por ser uno Único 
Trilha interior ... 
Caminho da alma.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário